O que é uma franquia e como abrir a minha?

Quais as vantagens e desvantagens de investir em uma franquia?

Avaliação
4.0

Publicado em 26/08/2020 | Atualizado em 26/08/2020

Imagem do Topo
Holograma de franquias

O sistema de franquias já é largamente adotado no Brasil por grandes e pequenas empresas em diferentes segmentos. Trata-se de um modelo de negócio no qual o franqueador, dono da marca, cede ao franqueado o direito de uso comercial, a partir da manutenção das mesmas características relacionadas ao DNA daquela empresa.

O negócio já consolidado no mercado de atuação é franqueado ao uso comercial de terceiros pelo dono da marca, através do sistema de franquias. O contrato assinado entre as partes detalha toda a operação para que a nova unidade reproduza o mesmo modelo. Cada rede de franquias tem características próprias que precisam ser analisadas pelos interessados em franquear a marca. A comercialização dos produtos, o sistema de operação e gestão são bem definidos para que o cliente tenha o mesmo atendimento e adquira produtos com a mesma qualidade, independente de onde ele esteja ou de quem esteja à frente da operação.

O sistema de franquias geralmente contempla marcas que possuem padrões de operação bem definidos e são admiradas pelos consumidores. Quem opta por uma franquia tem acesso aos números do negócio e já sabe como a marca se comporta no mercado. O franqueado também poderá ter acesso aos programas de treinamentos, manuais e assistência da rede. 

Cada franqueado precisará fazer um estudo específico sobre a demanda da marca na sua região, analisando seu ponto comercial e características de seu público potencial.

Conheça os diferentes modelos de franquia existentes:

🖋️Franquia unitária

É o modelo no qual o franqueador cede o direito de abertura ao franqueado de uma unidade, com exclusividade para sua área de atuação – isso impede que outras unidades sejam abertas na mesma região, respeitando-se um limite territorial definido em contrato. O mesmo franqueado poderá adquirir outras franquias unitárias, de acordo com a sua capacidade financeira e números relacionados ao desempenho alcançado. Da mesma forma, será preciso apresentar ao franqueador um plano de expansão para que todos os números e projeções sejam analisados.

🖋️Franquia Master

O franqueado master atua como um subfranqueador. Ele tem o direito de implantar mais de uma unidade e mesmo de terceirizá-las em uma determinada região, que pode ser um país, levando-se em consideração o plano de internacionalização das marcas. O franqueado master é responsável pela captação, treinamento e suporte aos novos franqueados. Nestes casos, terá direito de receber parte das taxas de franquia e royalties cobrados dos demais franqueados para a operação.

🖋️Franquia de Desenvolvimento de Área

Nesse modelo, o franqueador cede o direito de exploração de determinada região para o franqueado – que poderá ainda abrir mais de uma unidade na sua região de atuação. O desenvolvedor de área poderá também comercializar unidades em sua região e, da mesma forma que o franqueado master, tem o direito de receber parte do valor cobrado a título de taxa de franquia e royalties.

O QUE SÃO MICROFRANQUIAS?

As operações no sistema de franquias podem envolver negociações da ordem de milhões de reais, mas existem também modelos caracterizados pelo baixo investimento inicial, com limite de até R$90 mil. O custo operacional baixo, a operação simplificada e a possibilidade de o próprio franqueado realizar parte das atividades torna possível abrir uma franquia com investimento menor, quando comparado com o capital necessário para se adquirir marcas que tenham uma operação mais vultosa e complexa.

O faturamento tende a ser proporcional ao investimento realizado. Da mesma forma, as regras precisam estar claras e definidas em contrato. Neste modelo, atenção para regras que podem prever o volume mínimo de compras mensais do franqueador. Vale ainda destacar que é possível a incidência de taxas frente ao alcance do limite de faturamento preestabelecido.

Assim como ocorre com as franquias, as microfranquias também são regidas pela Lei 8.955/94 – Lei de Franquias. Esta lei foi elaborada com base no modelo dos Estados Unidos e apresenta informações relevantes para o franqueado avaliar o negócio ofertado.

Analise a Circular de Oferta de Franquias (COF) que é o documento desenvolvido pelo franqueador que apresenta todas as condições gerais do negócio, principalmente em relação aos aspectos legais, obrigações, deveres e responsabilidades das partes.

CONHEÇA AS VANTAGENS E DESVANTAGENS DE INVESTIR EM UMA FRANQUIA

Quem quer empreender deseja investir em um negócio com chances de risco controladas e, de preferência, com possibilidade de sucesso. Por estas razões, o sistema de franquia desperta grande atenção dos investidores já que se trata de negócios já testados e consolidados no mercado.

Para que o investimento em franquia compense, é importante que o franqueado tenha conhecimento sobre o mercado e que também tenha competências estratégicas e táticas para gerir o negócio.

No sistema de franquias, o modelo de negócio já está previamente definido, desde a avaliação dos produtos ou serviços, à infraestrutura adequada, modelo de treinamento das pessoas, ponto e publicidade, dentre outras informações sobre o negócio. O investidor poderá ainda avaliar a solidez da operação de acordo com os riscos que você está disposto a assumir.

Especialistas em finanças recomendam que além do investimento inicial para a abertura da franquia, o empreendedor tenha em caixa três vezes o valor correspondente a este aporte inicial. Além da taxa de franquia, você terá de pagar mensalmente a taxa de royalties, de publicidade e outros custos necessários à manutenção do negócio, como aluguel, impostos e folha de pessoal.

Por outro lado, o sistema de franquias também apresenta desvantagens potenciais que incluem a falta de independência na tomada de decisões do franqueado, das mais simples como a definição do cardápio e a adesão às promoções em caso de redes de alimentação – que são definições-padrão.

A pouca flexibilidade acaba engessando o franqueado. É importante considerar ainda que o sucesso é a meta, mas o fracasso também é compartilhado pelos franqueados em caso de problemas futuros na operação mesmo que seja em outra unidade que não seja a sua.

Conheça algumas taxas cobradas no sistema de franquias:

🖋️Taxa de franquia

A Taxa de Franquia é a primeira taxa apresentada e cobrada ao franqueado. É a remuneração pelo custo de transferência de know-how da franqueadora para o franqueado. Contempla despesas iniciais de treinamento, implantação e todas as ações do franqueador para viabilizar o início da operação da nova unidade.

🖋️Taxas de Royalties

Corresponde ao investimento pelo uso da marca e pelo know-how enquanto durar o contrato entre franquia e franqueado. Geralmente o pagamento é mensal e o valor é calculado com base no faturamento bruto da franquia.

🖋️Taxas de propaganda

Também conhecida como taxa de marketing é a taxa que o franqueado paga para custear as ações de marketing institucional e outras iniciativas que contribuam com a divulgação da rede.  A cobrança pode ser definida por um FEE fixo mensal ou vinculada a um percentual sobre o faturamento.

🖋️Taxas de sistema

É uma taxa que pode ser cobrada pelo franqueador pelo uso de tecnologias e sistemas que demandam altos custos de manutenção, como computadores e softwares específicos, além de aplicativos.

QUAIS AS PRINCIPAIS RESPONSABILIDADES DO FRANQUEADO?

O sucesso de uma rede de franquias depende da participação efetiva dos franqueados seja na gestão das unidades ou comprimento das obrigações contratuais.

Todos os empresários envolvidos na rede precisam atuar de forma responsável a partir de alguns pré-requisitos, que são:

📌As obrigações contratuais

Leia o contrato de forma detalhada para compreender todas as cláusulas que foram estipuladas pelo franqueador. Observe as metas e resultados que devem ser alcançados.

📌Manter um bom relacionamento

Fortaleça o relacionamento com o franqueador. Colabore para que as ações definidas sejam cumpridas e tenham o resultado desejado.

📌Trabalhar pela marca

É importante zelar pela imagem da marca no mercado, a partir do cumprimento das obrigações contratuais. Uma gestão ineficiente de uma unidade prejudica toda a rede, compartilhando assim os prejuízos com os demais franqueados.

📌Focar nos resultados

Alcançar as metas do negócio deve ser o foco principal de um bom empresário. Esteja atento aos resultados e faça o que for necessário para a operação ser rentável e lucrativa. Se estiver com dificuldade, peça auxílio ao franqueador. Juntos, vocês vão estudar os erros e reavaliar as estratégias a serem adotadas.

COMO TRANSFORMAR SUA EMPRESA EM UMA FRANQUIA?

Para transformar sua empresa em uma franquia é necessário que a sua operação esteja ativa há pelo menos dois anos, tempo mínimo para que o seu negócio já tenha sido testado e que seja possível padronizar um modelo de operação no sistema de franquias – também conhecido como franchising.

Será necessário que o negócio permita sua condução por terceiros a partir de padrões previamente estabelecidos, como perfil do público-alvo, logística do ponto comercial, número de habitantes mínimo da localidade, dentre outros aspectos a serem observados.

É importante que a negócio tenha uma marca registrada ou patente de invenção. Este cuidado é necessário para evitar possíveis prejuízos decorrentes de brigas judiciais com terceiros por questões de conflitos sobre propriedade da marca.

Além disso, muitos estudos serão necessários para o detalhamento da operação, elaboração da Circular de Oferta de Franquia (COF), modelos de contratos, dentre outras exigências que irão garantir a saúde operacional da rede.

ESCOLHA A FRANQUIA CERTA PARA O PERFIL DO SEU NEGÓCIO

A satisfação pessoal e a lucratividade dos negócios podem andar de mãos dadas no mundo corporativo.

Quem deseja abrir uma empresa geralmente quer unir o útil ao agradável.

Mas, será que você tem realmente habilidade para participar do sistema de franquias?

Uma das primeiras perguntas a se fazer é se você se vê à frente daquele negócio, alocando a maior parte do seu tempo e gerenciando equipes.

É um segmento que desperta seu interesse para trabalhar nos próximos anos?

As áreas de atuação dessas redes contemplam os segmentos de:

✔️alimentação;

✔️casa e construção;

✔️comunicação, informática e eletrônicos;

✔️entretenimento e lazer;

✔️hotelaria e turismo;

✔️limpeza e conservação;

✔️moda;

✔️saúde, beleza e bem estar;

✔️serviços automotivos;

✔️serviços e outros negócios;

✔️serviços educacionais. 

Observe os modelos de cada operação, produtos e serviços na etapa anterior ao fechamento do negócio.

DICA DE OURO

Antes de se decidir por uma franquia, avalie o perfil exigido para estar à frente daquele negócio. Dinamismo, organização, comprometimento e tempo são algumas variáveis que poderão ser exigidas de você. 

Alguns especialistas esclarecem ainda que será solicitado aos franqueados ter foco comercial, habilidade para gerenciar equipes e espírito empreendedor.

Antes de se decidir por uma franquia, avalie o perfil exigido para estar à frente daquele negócio:

👍dinamismo;

👍organização;

👍comprometimento;

👍e tempo.

Estas são algumas variáveis que poderão ser exigidas de você. 

Não podemos esquecer que o equilíbrio emocional é fundamental para lidar com as pessoas.

Saiba alguns dos principais requisitos desejáveis listados pelos franqueadores:

📌Identificação com o segmento;

📌Engajamento total na gestão da franquia;

📌Aptidão e desejo em participar de uma estrutura plenamente formatada;

📌Capacidade de investimento com recursos próprios;

📌Dedicação integral aos negócios da franquia;

📌.Graduação concluída na área de gestão de negócios e similares;

📌Experiência comprovada no setor;

📌Ter o sonho de ser dono do próprio negócio;

📌Conhecer o perfil do cliente da região;

📌Residir em local próximo à unidade;

📌Espírito de liderança;

📌Excelente relacionamento interpessoal;

📌Capacidade de influenciar e argumentar em favor da venda;

📌Capacidade para gerir pessoas;

📌Capacidade para gestão de tempo;

📌Controle administrativo / financeiro;

📌Planejamento e organização;

📌Capacidade para motivar a equipe.

PASSO A PASSO PARA ABRIR UMA FRANQUIA

1️⃣O cadastro

A marca vai querer avaliar o perfil do candidato. Preencha a ficha que geralmente é disponibilizada pelo site da marca.

2️⃣A Reunião

Após análise do perfil do interessado, o próximo passo será o agendamento de uma reunião. Nesta etapa, você deverá receber a Circular de Oferta de Franquia (COF) – documento que contém as informações relevantes sobre o negócio e uma minuta contratual.

3️⃣Visita às unidades

É importante você visitar outras unidades da rede e conversar tanto com os franqueados quanto com os clientes. Busque informações sobre o relacionamento entre franqueados e o franqueador e esteja atento à opinião dos clientes. Avalie o clima organizacional e a reputação da marca no mercado. Procure saber se o suporte oferecido pelo franqueado é satisfatório, o capital de giro empregado, a relação com os fornecedores e a lucratividade da operação.

4️⃣O contrato

Este ponto é fundamental ao fechamento do negócio. Avalie todas as cláusulas para entender quais serão suas obrigações e contrapartidas oferecidas pelo franqueador. Esteja atento a todas as taxas que deverão ser pagas antes de o contrato ser assinado. Se seguir adiante, o franqueador tem em média de 90 a 120 dias para tomar todas as ações necessárias para abrir a unidade.

5️⃣Entre em ação

A escolha do ponto, a locação do imóvel e o treinamento são as etapas que antecedem a inauguração da nova franquia. Estude detalhadamente o seu negócio e tenha uma equipe sempre disposta a dar o seu melhor.

 

 

Empreendedora na frente da loja
O que analisar e avaliar antes de adquirir uma franquia?
Empreender no ramo de franquias é uma boa oportunidade para quem deseja investir e contar com o reconhecimento da marca e o apoio oferecido pelas franquias.
Arquivo
Leis
Quais as mudanças e novas aplicações da Lei de Franquia?
A nova Lei de Franquia entre em vigor a partir do dia 27/03/2020, no Brasil tem como objetivo tornar as regras mais claras e aumentar a segurança jurídica.
Arquivo

A Franquia é um modelo de negócio indicado para os empreendedores que desejam iniciar um novo projeto já com bases mais consolidados, aplicações testadas e certo reconhecimento pelo público-alvo.

Acesse os conteúdos desenvolvidos pelo Sebrae e sucesso!