Como preparar minha empresa para vender mais no Dia dos Pais?

Qual a importância desta data para o comércio varejista?

Avaliação
4.0

Publicado em 13/07/2020 | Atualizado em 13/07/2020

Imagem do Topo
Dia dos Pais

Para se sobressair em seu mercado de atuação, toda empresa precisa se preparar para os momentos mais propícios de venda. Muitos segmentos, principalmente os ligados ao varejo, respondem aos estímulos sazonais de compra de seus clientes, e fazer um bom planejamento estratégico para não perder a oportunidade de gerar receita é o que faz com que a empresa sobreviva em cenários competitivos.

Ao se preparar para vender mais no Dia dos Pais, lembre-se que, além dos produtos e serviços comercializados, você precisa construir uma boa visão do negócios, que seja clara para sua a equipe de trabalha e para os clientes que consomem sua marca, e propor uma boa estratégia de marketing, comunicação, vendas e atendimento.

Quanto mais personalizada for a experiência do cliente na sua loja, mais chances você tem de vê-lo voltar outras vezes.

E, especificamente para o Dia dos Pais, verifica-se que a importância de definir objetivo claros de vendas e observar o contexto mercadológicos com dados históricos do varejo nacional: o mês de agosto, que é quando  Dia Dos Pais é celebrado, é um dos meses mais fracos em vendas de todo o segundo semestre. Transformá-lo em um potencial gerador de receitas vai depender da elaboração e implementação de boas campanhas de marketing, aliada a uma perfeita gestão de estoque.

Os dados e os desafios não são condizentes apenas à realidade das empresas de grande porte. Micro e pequenas empresas também precisam, constantemente, reciclar suas estratégias para o Dia dos Pais, e colocar, definitivamente, o segundo domingo de agosto no calendário de faturamento da loja.

Isso significa que as ações para a compensação do resultado devem ocorrer muito antes, com o planejamento estratégico sendo descrito com meses de antecedência, e levando em consideração as aplicações de comunicação e marketing a partir de meados de julho.

COMO DEFINIR MINHAS ESTRATÉGIAS DE VENDA?

Uma boa estratégia de venda não vai ser definida do dia para a noite, e também não ocorrerá de maneira unilateral, ou seja, apenas através dos interesses da empresa. O primeiro passo para o sucesso é entender quais são as necessidades dos consumidores para essa data, que seu comércio pode suprir, e negociar com fornecedores a qualidade e aumento de estoque, além de tentar acordar novas formas de pagamento.

A estratégia de venda precisa contar com os objetivos e metas da empresa, visando onde ela está agora e onde quer chegar com as ações do Dia dos Pais. Portanto, é indispensável que os métodos de gestão,  logística,  treinamento da equipe e a possibilidade de diversificar os meios de pagamento estejam em dia para suportar a busca extra do período, com segurança e qualidade.

Isso significa que a estrutura da empresa deve estar apta a absorver as demandas da clientela, com um bom mix de produtos e condições de compra interessantes, incluindo promoções, descontos e flexibilidade nas formas de pagamento.

Tão importante quanto tudo isso é avaliar se o capital humano com qual conta sua empresa é o suficiente para suprir a demanda da data comemorativa. Se, historicamente, sua loja é muito procurada no Dia dos Pais, mas você não tem funcionários o suficiente para atender neste período, uma saída plausível é pensar na contratação temporária de novos funcionários.

Todas essas preocupações fazem parte do desenho da sua estratégia de vendas, e devem ser contempladas para garantir que os objetivos empresariais estejam cumpridos na segunda-feira após as comemorações de agosto.

Não pense nas vendas do Dia dos Pais sem antes:

📌Organizar suas categorias de produtos, percebendo quais são aquelas que possivelmente terão mais saída, graças ao apelo da data comemorativa; 

📌Investir em ações promocionais, inclusive para compras bem antecipadas do Dia dos Pais. Um exemplo é já começar a anunciarar nos períodos que antecedem o período, os produtos ofertados e fazer das estratégias de vendas com descontos expressivos antes da virada do mês; 

📌Criar o senso de urgência através das peças de comunicação. Frases como:

ü "só hoje",

ü "só essa semana",

ü "enquanto durar o estoque",

fazem com que o consumidor se veja impelido a comprar algo de que tenha gostado antes que o estoque acabe.

COMO CRIAR AÇÕES PERSONALIZADAS?

O consumidor brasileiro está cada vez mais exigente quanto aos meios e padrões de consumo que lhes são ofertados. Ou seja, quanto mais personalizado um atendimento for, mais chance a empresa tem de converter o potencial cliente em comprador.

Sendo assim, as ações personalizadas são um recurso de comunicação e marketing do qual todas as empresas devem colocar em prática, principalmente para as datas comemorativas, que contemplam vendas sazonais.

Quem consegue fazer uma boa promoção de seus produtos e serviços para as datas comemorativas pode fazer, em apenas um mês, o faturamento equivalente a três meses normais. Não é um índice a se ignorar, e o aumento cada vez mais significativo do comércio no Dia dos Pais nos alerta sobre a importância de realizar um planejamento detalhado antes de qualquer ação de marketing.

Para pensar em algo satisfatoriamente personalizado, foque-se sempre no seu público e no que ele quer, e não no que sua empresa quer vender.

O equilíbrio é encontrar a motivação dos clientes e transformá-la em possibilidade de retorno para um produto específico, ou uma categoria de produtos ideal.

Lembre-se que datas como o Dia dos Pais suscitam o lado sentimental da família, o que leva a crer que ações que contem boas histórias de relacionamento de pais e filhos tendem a atrair mais a atenção do grande público do que apenas a oferta de preços promocionais.

Trazer proximidade à relação de compra e venda é uma das melhores formas de colocar em prática as ações personalizadas.

COMO PREPARAR EQUIPE E ESTOQUE PARA VENDER MAIS E MELHOR?

No varejo já sabe que estoque parado é igual a dinheiro parado. Preparar o estoque, portanto, não é sair comprando itens à revelia, só para ter o que vender na loja, mas saber o que, quanto e quando comprar para ofertar aos consumidores.

Se sua empresa já tem histórico de passar por outros Dias dos Pais, faça um levantamento do que foi mais buscado nos últimos anos, e quantas vendas foram feitas, para projetar como será a movimentação do ano corrente. Essa é uma forma interessante de começar a preparar o estoque.

Na sequência, perceba se as pessoas aumentaram ou baixaram o ticket médio de compras nos anos anteriores, para saber quais são as promoções que você vai dar esse ano e qual é a margem de lucro para cada produto que quer estocar. Contudo, valorize seus produtos: não imprima um preço aquém do que ele vale só para atrair clientes, pois isso pode acabar desmoralizando o que você vende ou lhe dando um prejuízo financeiro substancial, uma vez que a margem de lucro estará comprometida.

Do ponto de vista da escoação de estoques, capriche na vitrine e no layout da loja física ou virtual para atrair clientes, e deixe a equipe preparada para atender bem ao cliente. Coloque na linha de frente os melhores vendedores, que saberão conduzir o consumidor por sua decisão de compra, e analise a possibilidade de disponibilizar aos vendedores autonomia para flexibilizar pagamentos ou pensar em promoções de momento, que podem movimentar melhor a loja sem adentrar na zona de prejuízo.

O DESAFIO DO E-COMMERCE

Existem lojas físicas que optam por abrir um negócio online, atuando para além de seus limites geográficos, e empresas que já surgem como e-commerce. Essas duas possibilidades de comércio têm desafios a serem cumpridos quando as datas festivas vão se aproximando.

Primeiro, é importante dar ao cliente a disponibilidade de visitar o site, apostando em um servidor robusto, que dê conta das demandas. Segundo, é indispensável que o consumidor consiga se guiar pelo site, fazer suas compras e entender quando elas vão chegar na sua casa de maneira fácil e rápida, sem transtornos.

O e-commerce é uma praticidade ao consumidor, mas não se engane: sites difíceis vão levar o cliente a buscar novos produtos, serviços e preços na concorrência.

A boa notícia é que, a cada ano que passa, as vendas pelo comércio online se aquecem. De acordo com o relatório anual NuvemCommerce, estudo realizado pela Nuvemshop, o Brasil acumulou 87 milhões de consumidores digitais em 2019, 19% a mais se comparado a 2018. A pesquisa analisou a movimentação das PMEs brasileiras que compõem a base da companhia. Dessa forma, apontou que, no último ano, o número de vendas online quase dobrou, passando de R$ 275 milhões (2018), para mais de 450 milhões (2019), um aumento de 79,5%.*

Assim, sites que desejam se destacar no varejo online, seja no Dia dos Pais ou em qualquer outra data comemorativa, precisam se planejar para conquistar os clientes e faturar com as vendas - inclusive através de táticas de marketing digital. Como o comprador já está na internet, é fundamental fazer, nesse ambiente, com que ele reconheça o valor da sua marca, através da comunicação nas redes sociais e através de links patrocinados em plataformas como Facebook, Instagram e Google.

Muitas lojas perdem vendas nas datas comemorativas porque não programam sua plataforma online para suportar a demanda. Com muitos acessos, acima do normal, e sem um bom serviço de hospedagem, os sites podem cair, ficar indisponíveis ou o sistema de vendas pelo boleto ou cartão pode sair do ar.

Para evitar que esse tipo de coisa aconteça, conte com um bom fornecedor de ambiente online e solicite testes anteriores às semanas do Dia dos Pais para que as falhas sejam encontradas e resolvidas antes que eclodam.

Lembre-se muitos consumidores deixam tudo para a última hora as suas compras; então, é bem possível que nos últimos dias que antecedem o Dia dos Pais seu sistema fique sobrecarregado com as visitas..

CRIE UMA CAMPANHA PUBLICITÁRIA ESPECIAL

Dia dos Pais é uma data emotiva, e a persuasão pelas campanhas publicitárias pode ocorrer exatamente através desse viés. As propagandas especiais devem vir carregadas de emoção e sentimento, transmitindo aos compradores do presente a importância do presenteado na data.

Nos últimos anos, as empresas apostam no marketing digital para fazer campanhas magníficas, cheias de significado, visando a conversão em vendas. As plataformas online podem garantir maior visibilidade do público-alvo a menor custo do que anunciar em um veículo impresso ou televisão, por exemplo, desde que sejam feitas por especialistas no assunto.

Portanto, a criação de campanhas publicitárias especiais para o Dia dos Pais necessita de planejamento, com dados realistas e confiáveis, que possam fazer delas uma iniciativa de vendas e fidelização de clientes.

Algumas dicas para que sua empresa possa fazer uma campanha publicitária assertiva:

💡Crie promoções exclusivas para quem já é cliente vip, ou fidelizado, mas não se esqueça de atrair, também, o novo cliente;

💡Dê dicas de presentes para o Dia dos Pais de acordo com as faixas de preço, das mais acessíveis às mais caras. Isso pode ser feito no seu blog ou nos canais sociais da empresa;

💡Promova ideias que gerem comentários e engajamento, como pedir aos seguidores ou leitores que compartilhem com você as melhores histórias com os pais deles, prometendo transformar as melhores em posts de Facebook ou desconto em produtos;

💡Segmente bem o público que deseja atingir.

Um exemplo extremo de erro, mas só para servir de ilustração, é fazer campanha de Dia dos Pais para quem já perdeu o pai. Além de não converter em venda, a marca ainda pode lembrar a pessoa de um momento triste e perder o consumidor em novas oportunidades de venda.

COMO FAZER UM BOM PÓS-VENDA?

A história de uma empresa e seus clientes pode começar no interesse de alguém por seus produtos e serviços – mas, que fique claro, esse é, literalmente, apenas o começo. É no pós-venda que o relacionamento se mantém estável ou começam a existir situações que tiram a possibilidade da empresa em ser considerada em novas decisões de compras.

Para não pecar nessa área, as empresas devem:

👍 Atender bem, seja presencialmente ou online;

👍 Vender produtos de qualidade;

👍 Cumprir o que prometem;

👍 Dar boas garantias de uso;

👍 Agilizar a entrega;

👍 Flexibilizar os valores de frete, quando aplicáveis;

👍 Se colocar à disposição do cliente para qualquer infortúnio.

Às vezes, o presente comprado não vai servir para o presenteado, ou ele não vai gostar, ou poderá até mesmo apresentar algum defeito. A loja deve estar disponível para resolver qualquer uma dessas situações de maneira empática e amistosa, evitando criar transtornos para o cliente que se sentir insatisfeito.

E, seguindo a premissa máxima do marketing, nunca se esqueça de que o cliente precisa ser ouvido, e que deve ser bem tratado, sem ele, a empresa não sobrevive.

Muitos negócios brilham mais no pós-venda no que a venda em si. Nossa sugestão é que você possa afinar todos os setores da empresa, inclusive este, para garantir uma experiência de usuário completamente satisfatória.

O Dia dos Pais é uma data que oferece inúmeras possibilidades para comércio. Se fazer lembrar pela disponibilidade em atender aos anseios e desejos dos clientes é a forma mais efetiva de vê-los voltar ao seu estabelecimento, neste ou em qualquer outro dia do ano. Saiba como aproveitá-la para diferenciar o seu negócio e lucrar mais. 

Acesse os conteúdos desenvolvidos pelo Sebrae e sucesso! 

Mercado e Vendas
Datas Comemorativas
As datas comemorativas são grandes eventos que merecem atenção especial dos empresários para aumentar as vendas e gerar mais lucratividade para seus negócios. Porém se forem feitos investimentos sem foco, em todas as datas ou em datas menos relevantes talvez não traga os resultados esperados
Arquivo
Pai e filho
Datas comemorativas: Como me preparar para a alta demanda
Você sabe que seu negócio tem muito a ganhar com as datas comemorativas? Porém, não basta apenas pegar carona nos momentos é preciso planejar para obter bons resultados e escolher as datas que realmente podem alavancar suas vendas.
Arquivo